Entrevista - Projeto Caleidoscópio

Via email, Analu Paredes e Arthur Nogueira conversaram exclusivamente com a Rock Progressivo Brasil.

RPB - O Sete vem sendo considerado um trabalho importante, especialmente com o vocal feminino... Pode-nos explicar o
conceito do disco?

PC - "O SETE" é um retrato de seis anos de inúmeras experiências musicais e pessoais que tivemos juntos. Durante este tempo realizamos muitos shows, gravações, produções e músicas em parceria . O CD é o ápice de tudo isso. Conceber um trabalho a dois é fantástico quando se tem cumplicidade e afinidade, pois é um casamento em todos os sentidos. Quando surge a identidade do trabalho tudo fica muito forte. As músicas do CD foram compostas tendo como alicerce enfatizar a canção e a melodia . Colocamos um instrumental que trabalhado dentro de uma linguagem progressiva deu este "ar" peculiar ao disco.

RPB - O Rock Progressivo Brasileiro se caracteriza pelos elementos de MPB adicionados ao Rock. O disco de vocês segue
esta mesma linha. Foi algo planejado?

PC - Não tivemos a intenção de colocar elementos da MPB , simplesmente pelo fato de sermos brasileiros e estarmos expressando a nossa identidade,   ficaram implícitas as influências "TUPINIQUINS" .Buscamos sim, sermos originais e verdadeiros em cada passo que demos.

RPB - Como surgiram as participações dos músicos convidados e de Bernard? (este último para fazer a capa)

PC - Quando as canções começaram a ganhar forma ,percebemos que haviam elementos que combinavam perfeitamente com músicos que conhecíamos.Em pouco tempo havia uma constelação de pessoas ,cada qual com seu colorido , formando um verdadeiro caleidoscópio.Daí o nome do projeto. A participação do Bernard se deu por intermédio de uma grande coincidência pois Analu começou a dar aula de canto para a esposa dele (Patrícia) quando estávamos terminando as gravações. Achamos o Bernard um designer muito competente e que soube captar com muita sensibilidade a idéia do projeto.

RPB - O próximo disco seguirá o mesmo caminho? Teremos novos músicos convidados?

PC - Sim , a cada disco nosso caleidoscópio formará novas imagens , novos conceitos .... Já estamos preparando o 2ºCD, sendo que agora estamos compondo especialmente para os nossos convidados .

RPB - Porque a inclusão de opiniões de músicos de RP (Marcus Vianna, do Sagrado e Annie Haslam, do Renaissance) no encarte do disco? Até então não temos conhecimento de nada parecido no RP...

PC - Na verdade já havíamos tido anteriormente a oportunidade de conhecer essas duas grandes personalidades da música. Para nós as opiniões, tanto do Marcus Viana como a da Annie Haslam vieram não só dar mais sorte, luz e felicidade ao nosso CD mas também dar um significado pessoal muito importante , pois são nossos maiores ídolos.

RPB - Como a Internet tem ajudado a banda? Você tem algum site?

A internet é um veículo maravilhoso .Graças a ela já vendemos a maioria de nossos CDs e muito em breve já partiremos para a segunda tiragem . Temos recebido E-mails de várias partes do mundo inclusive já está no ar um review e uma entrevista nossa no endereço: http://ourworld.compuserve.com/homepages/rwelliot/index.htm, pertencente a Russell Welliot que é um dos responsáveis pela página oficial do Renaissance.Há também um link p/ o nosso site na página oficial da Annie Haslam (http://anniehaslam.com), isto também poderá abrir o nosso mercado nos EUA. O noso site é: http://www.caleid.com.br .Todos estão convidados a visitarem nosso endereço e a escreverem em nosso guestbook.

RPB - Projetos para shows?

PC - Sim .Em breve estaremos iniciando os ensaios para os shows de lançamento do CD.

RPB - Como anda o Topos Uranos?

PC - No momento o Topos está parado, mas todos somos grandes amigos e volta e meia participamos de alguma produção juntos. É uma banda que possui grandes valores individuais e , como grupo , um grande entrosamento. Com certeza num segundo disco iríamos realizar um grande trabalho.Quem sabe ele não sai pelo nosso selo (Caleidoscópio Produções Artísticas)?

RPB - Obrigado e parabéns pelo trabalho!

PC - Nós é que agradecemos o carinho,  hospitalidade e profissionalismo com que o Lanzarini nos acolheu.É muito bom encontrar pessoas sensíveis que apostam num ideal. Aqui vai um grande abraço , desejando a todos um ano cheio de paz e realizações.