Big Big Train - Bard - Treefrog Records - 2002

Por mais que alguns digam o contrário, temos que admitir: ao falarmos de rock, quem dá as cartas são os ingleses. Ainda mais em se tratando de Rock Progressivo! Pelo que estamos observando, uma das novas tendências dentro do progressivo inglês é um flerte cada vez maior do progressivo com o pop, mas não o pop rasteiro de FMs, diga-se de passagem, e sim o pop trabalhado. Um dos exemplos desta nova escola está no disco Bard, da banda Big Big Train. Eles não são novos no mercado (seu primeiro disco é de 1992). Todas as características progressivas estão aqui: andamentos quebrados, mellotron, climas etc mas junte esses elementos com o que há de melhor no pop britânico e o resultado é esta tendência mencionada. Não pense que você encontrará neo-progressivo! Parece mentira mas é isso mesmo. Uma mistura ousada e que tem tudo para dar certo.

Músicos

Gregory Spawton - guitarra, teclado, composições e letras
Andy Poole - baixo, composições e voz
Phil Hogg - bateria e percussão, composições
Tony Müller - voz, piano e teclados
Martin Read - voz
Jo Michaels - Voz
Ian Cooper - teclados

Músicas

The Last English King - 5:50
Broken English - 14:09
This is Where We Came In - 5:22
Harold Rex Interfectus Est - 1:02
Blacksmithing - 3:03
Malfosse - 0:53
Love is Her Thing - 3:50
How the Earth From This Place Has Power Over Fire - 1:53
A Short Visit to earth - 6:18
For Winter - 16:47
A Long Finish - 8:20

Site: www.bigbigtrain.com

Home - Resenhas