Home - Novas resenhas - Todas as resenhas

Flamborough Head
Tales of Imperfection

 

Arte: Theo Spaay

Músicos:

Eddie Mulder - guitarra, violão e coro

Edo Spanninga - teclados

Marcel Derix - baixo

Koen Roozen - bateria
Margriet Boommsma - voz e flauta

Ano: 2005

País: Holanda

Gravadora: Cyclops

Som:  Vocal feminino, longas passagens instrumentais com interposição de guitarra e teclados, flauta e violão

Estilo: Sinfônico progressivo

Arte: Theo Spaay

Sítio oficial

 

Outras resenhas na RPB:

Bridge to the Promised Land

One for The Crow

Comentários:

 

Segundo trabalho do grupo com a vocalista Margrie. Novamente eles exploram temas atuais em suas letras (podemos dizer sim que todo o CD é conceitual) como a ditadura da beleza (a capa de Theo Spaay reflete muito bem isso), além de outros temas relacionados ao ser humano. Magriet e toda a banda aproximam-se cada vez mais do som feito nos anos 70 do século XX. Fica claro o paralelo com Renaissance (Captive of Faith) e com outros grandes grupos desta época (Genesis e Camel, por exemplo). Novamente os teclados e a guitarra comandam todo o trabalho, mas é mais forte a presença do violão.  Resumindo: em time que está ganhando não se mexe? Talvez, mas o Flamborough Head mexeu  e conseguiu ótimos resultados. Deve constar entre  os melhores de 2005 em seu país, bem como em outras pesquisas internet afora. (Cesar Lanzarini)

Músicas

Avaliação

Outros comentários sobre este CD?

1 - For Starters (instrumental) 2:23

2 - Maureen 11:59

3 - Higher Ground (instrumental) 6:59

4 - Silent Stranger 10:30

5 - Captive of Faith 8:07

6 - Mantova (instrumental) 8:39

7 - Year After Year 3:11

 

Compre este CD na  loja virtual

Composição/músicas - Excelente

Produção/gravação - Muito bom

Músicos: Muito bom

Arte/Encarte: Bom

 

E você? O que achou deste CD?

 

Vote aqui!

Confira no site Progbrasil outras opiniões sobre este CD, bem como de outros lançamentos!


Gostou deste sítio e deseja contribuir de alguma forma? Clique aqui!