Glass Hammer - Chronometree - Arion Records - 2000

capa: Bruce Huffman

Quarto trabalho da banda americana que conta com a participação de Arjen "Ayeron" Lucassen e Terry "Somnambulist" Clouse. Sem dúvida o melhor trabalho da banda, que apostou em um tema conceitual relacionado com alienígenas e conseguiu tirar daí ótimas composições, dividas em duas suítes (uma com quase 38 minutos e a segunda com aproximadamente 15 minutos). Certos trechos de algumas músicas são verdadeiras homenagens a diversas bandas dos anos 70 (Yes, UK, Genesis etc). Ótima capa.

Músicos

Fred Schendel - Órgão Hammond, Mellotron, Mini-Moog, Violão, Guitarra e Guitarra Slide, Auto-Harp, Gravações, Bateria e Vocais de Apoio
Steve Bab - Baixo, Teclados, Mellotron, Teclados Analógicos e Vocais de Apoio
Brad Msrler -  Voz e Vocais de Apoio, Violão
Walter Moore - Bateria em Chronos Deliver, Guitarra e Violão

Arjen Lucassen - Guitarra
Terry Clouse - Guitarra
Voz em Chronos Deliver: Susie Warren, Jamie Watkins, Sarah Snyder, Stevee Babb e Fred Schendel

Músicas

All in a Good Time - part one

1 a. Empty Space, b. Revealer
2 c. An eldritch Wind
3 d. Revelation, e. Chronometry
4 f. Chronotheme - end part one

All in a Good Time - part two

7 g. Shapes of The Morning
8 h. Chronoverture
9 i. The Waiting, j. Watching The Sky

Ponto Forte: Participações de bons músicos do cenário progressivo, trabalho gráfico e som mais progressivo que
                  os discos anteriores.
Ponto Fraco: As referências são muito explicitas o que pode causar uma má impressão na primeira audição.

Website: www.glasshammer.com

Home - Resenhas