Fernando Pacheco - Himalaia - PRW - 1999

hi,alaya.jpg (18639 bytes)

Músicos: Fernando Pacheco - Guitarra (1, 2, 3, 4 e 5), Fernando Motta - Violão (1, 2, 4), Ronaldo "Gui" Mesquita - Baixo (1, 2), Eliseu "Lee" Filho - Teclados (1, 2), Lourenço Gotti - Bateria (1, 2), Luiz Aranha - Violino (1, 2), Moacir Amaral - Flauta (1, 2), Nélio Porto - Teclados (3, 4, 5), Gustavo Biscaro - Bateria (3, 4, 5), Guilherme Cordeiro - Baixo (3, 4, 5)

Músicas: The Past - 1 - Sonho (2:30), Himalaia (13:03), The Present - 3 - Progressivo L-2 Sul (4:31), Ciclo da Vida (16:57), Civilização Maia: Prelude (0:50) - Total: 41:02

Resgatando parte do trabalho solo de Fernando Pacheco, a PRW lança este disco que conta com a participação da banda Recordando o Vale das Maçãs nas faixas 3, 4 e 5. No mesmo estilo dos discos do RVM, Pacheco mostra domínio do instrumento, o que o tornou um dos grandes nomes do Progressivo nos anos 70, quando fundou o RVM juntamente com Fernando Motta e Domingos Mariotti.

Himalaia foi composto por Pacheco e Motta em Ouro Fino (MG) e representa uma viagem instrumental para a montanha e é sem dúvida uma das melhores faixas do disco, Progressivo L-2 Sul foi composta originalmente (em Brasília) para o violão clássico e para orquestra de câmara, mas no vinil todas as partes orquestradas foram gravadas via guitarra sintetizada. Nesta gravação, Nélio Porto (ex-RVM e atual Wejah) toca os teclados orquestrais; e Sonho foi tirada diretamente da fita (sem overdubs!). Ciclo da Vida é uma suíte estruturada em 13 partes, composta por Bernardes e Pacheco convidou Motta e Mariotti, dois membros antigos e fundadores da banda e os novos integrantes do RVM. Prelude é uma faixa do próximo disco que a banda, que não tem previsão de lançamento.

Pontos Fortes: Regravações de faixas antigas e participação do RVM
Pontos Fracos: Poderiam ter sido incluídas outras músicas. O disco é curto.

Resenhas - Home